Pets e bebês na internet

Pets e bebês na internet

 

Alguns dos endereços mais acessados hoje na rede mostram a interação entre bebês humanos e bebês caninos. Dá até vontade de entrar na tela.

 

Um desses endereços é o brandileigh080, uma conta do Instagram onde Brandi Hodges, a mãe de Eisleigh e tutora apaixonada de Clyde, compartilha a amizade dos dois para que o mundo testemunhe a amizade entre um cachorro e uma criança.

 

Aqui no Brasil, o luisamell.com.br, da apresentadora Luisa Mell também ajuda a conscientizar as pessoas sobre os benefícios da convivência dos bebês com os animais de estimação.

babypet5-578x578

 

 

Imagem Internet Fonte das imagens: http://luisamell.com.br

 

 

Como fazer

 

Ficou com vontade de também “bombar” na internet com seus filhos e seus pets?

Tudo bem, mas antes é bom seguir algumas regrinhas de segurança. Para começar, não tire fotos onde possam ser identificados o seu endereço ou o lugar onde seu filho estuda. Portanto, nada de selfies na fachada da casa, na porta da escolinha ou ao lado da placa do seu carro. Fique atenta também para os uniformes escolares que podem trazer a identificação do colégio ou creche. Como todos sabem, a internet é um mundo sem fronteiras e resguardar sua família nunca é demais.

Observados esses cuidados, o ideal é estar sempre com a câmera ou o celular a postos, preparados para registrar os flagrantes. Ou, se você preferir, monte um fundo neutro na sua casa, com um lençol ou um pano colorido e coloque o bebê e o bicho ali, criando situações onde os dois possam interagir. A espontaneidade costuma cativar mais do que as cenas posadas. Então, deixe os dois à vontade no mundo deles e apenas fotografe.

Lembrando que sempre, em qualquer situação, um adulto deve estar atento para evitar qualquer incidente envolvendo a criança ou o animal.

Mesmo que a sua rede social não alcance a mesma popularidade dos endereços que citamos acima, com certeza a sua família vai ter registros incríveis e inesquecíveis para toda a vida.

Escrito por Dra Luciana Herrero Ver todos os posts deste autor →

Esclarecimentos: 1- Esse blog não substitui as consultas de pediatria ou consultas médicas em geral. Tem como objetivo promover educação em saúde, favorecer o vínculo familiar e o estímulo a amamentação. 2- Dra. Luciana Herrero, apesar de possuir a formação em pediatria, não realiza atendimentos pediátricos. Trocou a clínica pela educação. Atua somente como educadora familiar, escritora e coordenadora da Aninhare (www.aninhare.com.br).