Quem mexeu no meu espelho?

Por Carolina Guimarães[1]

Uma vez, uma gestante me disse que não se reconhecia ao se olhar no espelho. Sempre foi muito magra e agora, às 20 e poucas semanas de gestação, se achava estranha e estava frustrada porque suas roupas não mais serviam. E como se achava estranha, não conseguia comprar roupas novas para esta fase da gestação, e na hora da relação sexual não se sentia confortável em mostrar seu novo corpo ao seu parceiro, o que a fazia se sentir pior ainda.

Este é um exemplo muito comum entre muitas mulheres quando se descobrem grávida. Por mais desejada que seja a gestação, as mudanças que ocorrem com o corpo são grandes, e muitas vezes assusta, e dá muito medo de não voltar a ser como era antes. Além disso, enjoos, náuseas, desconfortos pelo peso da barriga, cansaço físico…..sem contar o guarda-roupa que de repente nada serve. E como é difícil vestir modelos de roupas que nunca imaginamos um dia usar, ou ter que esperar para pintar os cabelos da nossa cor favorita, enquanto a raiz teima em crescer muito rápido.

O fato é que todo este turbilhão de sensações e inseguranças, podem afetar diretamente a vida sexual do casal durante esta fase da vida a dois. Muitas mulheres acabam ficando com a auto-estima baixa, e deixam de se cuidar, deixam de cuidar de sua sexualidade e de sua sensualidade. Mas como fazer para diminuir esta sensação e se permitir novamente se sentir bonita e sensual neste momento?

A primeira coisa é  permitir-se sentir todo este turbilhão de emoções e tentar entender um pouco mais a si mesma neste momento. A gestação é um processo e muitas vezes leva um tempo para a ficha cair. Ter paciência consigo mesma nesta hora é fundamental.

Falar sobre os sentimentos também ajuda. Participar de encontros de gestantes, conversar com outras mulheres grávidas….isso ajuda a perceber que não somos as únicas a nos sentir diferentes do que éramos antes.Converse com seu parceiro….diga como se sente, e aceite de coração os elogios e os carinhos que vier dele. Pode ter certeza que são sinceros e que ele realmente está achando você mais linda do que nunca!

Permita-se experimentar coisas novas, modelos de roupas diferentes. Não precisa ser obrigatoriamente uma roupa própria para gestante, de repente aquela loja que você adora tem um modelo de roupa que vai ficar perfeito em você neste momento da sua vida….Invista no cuidado com os cabelos, na maquiagem, nos acessórios. Você descobrirá novas maneiras de se sentir bonita e sexy! Hoje no mercado encontramos muitas opções de roupas e acessórios para gestantes, além de outros cuidados que podemos nos dar ao luxo de fazer neste momento e que antes talvez nem pensaríamos em tirar uma horinha do nosso dia para isso, como uma boa massagem relaxante, uma drenagem linfática…aproveite as opções que o mercado da moda e da estética têm para a mulher grávida e se permita!

E para os parceiros, meu recado é: elogie diariamente! Deixe uma flor, um bombom, um bilhetinho…..faça um jantar romântico, programe um fim de semana em um lugar romântico e aconchegante…alimente a auto-estima da sua parceira, e tenha paciência e acolha com carinho os momentos mais difíceis para ela.
Tenho certeza que vocês irão curtir muito a gestação e descobrir muitas coisas novas que poderão deixar a relação ainda mais prazerosa e fortalecida!

 

[1] Carolina Guimarães é enfermeira obstetra, Consultora Internacional em Aleitamento Materno – IBCLC/USA e Doutoranda em Saúde da Mulher pela USP.

Escrito por Dra Luciana Herrero Ver todos os posts deste autor →

Esclarecimentos: 1- Esse blog não substitui as consultas de pediatria ou consultas médicas em geral. Tem como objetivo promover educação em saúde, favorecer o vínculo familiar e o estímulo a amamentação. 2- Dra. Luciana Herrero, apesar de possuir a formação em pediatria, não realiza atendimentos pediátricos. Trocou a clínica pela educação. Atua somente como educadora familiar, escritora e coordenadora da Aninhare (www.aninhare.com.br).