Dicas da montagem da mala para o hospital

 

A ida para o hospital é sempre uma loucura, na hora de ganhar o bebê. Nada melhor do que preparar tudo antes, para não deixar nada para trás.

O ideal é que a mala do hospital seja montada ao redor da 35° semana de gestação, para que não haja imprevistos.

Normalmente o site das maternidades dão uma lista própria, mas vai aqui algumas dicas que ninguém te conta, e que fazem a diferença no grande dia.

Para mamãe:

-Pijamas ou camisolas: desde que fáceis de expor o seio, para que fique mais fácil de amamentar.

-Penhoar: para se esconder quando vier as visitas

-Chinelos: um de banho (borracha) e um para usar (pantufa)

-Cinta abdominal (cinta “Yoga” ou similares): ajuda a conter as “dobrinhas” a mais que aparecem no pós parto. Compre M ou G e depois mande costurar, apertar, quando as “dobrinhas” extras forem desaparecendo.

-Sutiã especiais: Leve sutiãs de alças largas, e que sejam próprios para amamentar…fazem toda a diferença.

-Produtos de higiene: shampoo, condicionador, sabonete, desodorante, escova de dente, pasta de dente, escova de cabelo, ABSORVENTES GRANDES (eles são muito importante, pois após o parto você estará “hiper menstruada”, ou seja, terá perda de sangue, os lóquios, que são normais e desejáveis)

-Roupa de grávida: para sair do hospital e durante alguns dias ou semanas você ainda precisará utilizar suas roupas de gestante. Não se estresse, logo logo, com dedicação e disciplina você voltará as suas roupas pré-gestação.

-Uma meia quentinha: você pode sentir muito frio no pé no hospital durante a noite.

OBS: Nada de perfumes, talcos, cremes hidratantes cheirosos…o bebê precisa aprender a sentir o seu cheiro!

Para o Bebê:

Roupas confortáveis: Prefira sempre roupas de algodão ou malha, fáceis de colocar, e especialmente, sem babados, golas ou coisas que possam pinicar!

Bodys: Bodys são sempre benvindos. Prefira-os as antigas pagãs ou camisetinhas (pois estas deixam as costas do bebê de fora)

Não leve mamadeira, chupetas, pois o uso destes itens podem significar a não amamentação.

 O bebê pequeno precisa aprender a mamar, e o uso de bicos artificiais pode atrapalhar o aprendizado.

Para o acompanhante:

Nao esqueça de levar uma troca completa de roupa, um casaco leve e uma meia. Muitos hospitais esfriam bastante a noite.

Leve a máquina de foto/filmadora, com bateria extra ou com seus respectivos carregadores.

Leve o celular, e o seu carregador também. 

Leve dinheiro, especialmente trocado. (Você sempre terá que comprar alguma coisa.)

Especialmente:

Leve também sua presença física e seu amor.

Leve a maior quantidade de tranquilidade e paciência  que dispuser.

Pois, a presença afetuosa do acompanhante, especialmente se for o companheiro/futuro papai, é muito importante para a gestante. Traz a calma e a segurança necessária para vencer os medos inerentes a chegada do novo bebê.

Boa hora para vocês,

Com carinho, Dra. Lu

 

 

Escrito por Dra Luciana Herrero Ver todos os posts deste autor →

Esclarecimentos: 1- Esse blog não substitui as consultas de pediatria ou consultas médicas em geral. Tem como objetivo promover educação em saúde, favorecer o vínculo familiar e o estímulo a amamentação. 2- Dra. Luciana Herrero, apesar de possuir a formação em pediatria, não realiza atendimentos pediátricos. Trocou a clínica pela educação. Atua somente como educadora familiar, escritora e coordenadora da Aninhare (www.aninhare.com.br).