Recado para as avós grávidas!

Recado para as avós grávidas!


Bem-vinda à sua gestação, vovó!

Se você, vovó, está lendo este recado, é porque sua filha ou nora tem a felicidade de ter você por perto neste momento tão especial e único da vida: a chegada de um bebê. Saiba que você também está grávida, à espera de seu neto (a).

Sua participação e apoio emocional são de fundamental importância para o bem estar da gestante, e para o sucesso da amamentação do bebê. Mas não se engane: Ser avó não é tarefa fácil, nem é ser mãe duas vezes.

Ser uma boa avó requer jogo de cintura e habilidade. E, uma grande dose de sabedoria e tolerância. Pois, por mais que a vontade de palpitar e interferir nos cuidados com bebês seja grande, o ideal é segurar a onda.

Respeite a autonomia dos novos papais. Agora é a vez do novo casal, e eles devem ter o apoio familiar, especialmente seu, vovó, para tomar suas próprias decisões. Mesmo que as decisões sejam bem diferentes das decisões tomadas por você, na sua época. O mundo mudou e as orientações de como cuidar de um bebê também, pois as pesquisas científicas avançaram muito neste sentido.

Busque focar seu amor pelo bebê nos cuidados com os pais dele, especialmente a nova mamãe. Ela precisa de energia e cuidados para cuidar ainda melhor do novo bebê! Mimos para a nova mamãe são bem vindos. E, uma ajuda prática também. Pode ser com a louça, as compras ou buscando um sling. Não importa! Pequenas ações fazem muita diferença nos atribulados momentos do pós-parto. Mas, não se esqueça de perguntar à nova mãe que tipo de ajuda ela necessita neste momento, antes de ir fazendo.

Vovó: saber qual é a hora de chegar é saber a hora de ir embora. Lembre-se desta frase e não há como errar a dose!

Boa sorte vovó! Curta muito seu/sua neta! Curta esta nova e maravilhosa fase de sua vida!

Com carinho, admiração e respeito nosso a todas as matriarcas, as vovós!

Beijos Dra. Lu

Escrito por Dra Luciana Herrero Ver todos os posts deste autor →

Esclarecimentos: 1- Esse blog não substitui as consultas de pediatria ou consultas médicas em geral. Tem como objetivo promover educação em saúde, favorecer o vínculo familiar e o estímulo a amamentação. 2- Dra. Luciana Herrero, apesar de possuir a formação em pediatria, não realiza atendimentos pediátricos. Trocou a clínica pela educação. Atua somente como educadora familiar, escritora e coordenadora da Aninhare (www.aninhare.com.br).